SUGIRA UM LOCAL


Você está cansado de reclamar sozinho? A gente compartilha sua reclamação com você. Entre em contato com a gente através do nosso Contato, ou do nosso e-mail (contato@aruadosbobos.org), dos comentários aí em baixo, da nossa página no facebook ou no twitter e nos sugira um local. Será super bem vindo!

11 comentários:

  1. Morgana, tu podia falar da própria Unifor que com suas rampas é claramente impossível um cadeirante subir sem que alguém o empurre, ou que alguém o segure na descida, fora o CC que tem as salas de "cinema" no andar superior, mas não tem rampa de acesso, só escada, e a famigerada rampa do bloco A que se inicia com dois estranhos degraus.

    Pedro Augusto

    ResponderExcluir
  2. Pedro, vou falar da Unifor sim! Aliás, esse era pra ter sido o primeiro post, mas não deu tempo ainda de eu tirar as fotos, apesar de todos dias eu estar lá! Mas esse post sai essa semana! Brigada por lembrar.

    ResponderExcluir
  3. Morgs, a praça Argentina Castelo Branco que fica no Bairro Fátima é um bom exemplo de praça que funciona. É perto da minha casa e vejo sempre o movimento por lá, durante todo o dia. Pessoas caminham pela manhã, tem futebol no fim da tarde e noite, tem pessoas vendendo comida a noite, às vezes tem aluguel de brinquedos para crianças...enfim, vale a pena conhecer =} fim de tarde, noite é o melhor horário!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beel! Sei qual é! Já passamos lá em frente e é ótimo que funcione. O Cleber é doido pra fazer um post sobre lá, vou lembrar a ele da gente ir conhecer pra pode escrever. Brigada pela sugestão!

      Excluir
  4. Vcs poderiam abordar o enorme trânsito caótico de fortaleza no bairro d fátima com a nova faixa exclusiva de ônibus, que está gerando um congestionamento superior ao q já havia antes, às seis da tarde é extremamente difícil tanto para passagem de pedestres quanto de veículos ^^"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vik, a nova faixa de ônibus foi adaptada na Av. Antônio Bezerra, não? De qualquer forma, seria ótimo falar dessas duas vias, sempre congestionadas em horários de picos. Obrigada pela sugestão!

      Excluir
  5. Primeiramente quero PARABENIZAR os criadores do Site, é um excelente endereço de pesquisa e de informações.

    E como sugestão quero apontar a Cidade natal de Morganna Batista, MILAGRES-CE, tenho certeza que iria ser um otimo local de pesquisa, pois assim como a Maioria (98%) das cidades do interior não possue saneamento adequado, acessibilidade zero, calçadas totalmente Inrregulares e muito mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Giancles! Seja bem-vindo ao nosso site! Esse mês estamos postando um especial sobre o Cariri e falamos das cidades de Crato e Juazieor do Norte, quem sabe um dia Milagres e outras cidades do interior cearense não apareçam por aqui? Tem muita coisa pra se falar. Agradecemos sua sugestão, vamos colocar na nossa lista! haha Abraço!

      Excluir
  6. Oficinas de Motos que funcionam exclusivamente nas calçadas da avenida Augusto dos Anjos, entre o número 220 e o número 500 - na Parangaba

    ResponderExcluir
  7. Olá! Gostaria de deixar uma sugestão de lugar para seu próximo post:
    A nova e "acessível" Avenida Monsenhor Tabosa, em Fortaleza. Segundo o secretário municipal de Turismo, "A Monsenhor Tabosa está dentro dos padrões internacionais de acessibilidade" (fonte: http://www.fortaleza.ce.gov.br/noticias/destaque/prefeitura-de-fortaleza-entrega-nova-monsenhor-tabosa). A tão falada acessibilidade é quase só balela, principalmente, a aplicação do piso tátil e total falta de integração entre a calçada e os acessos às lojas e galerias. Isso sem falar nos estacionamentos, nas placas informativas e nas rampas - ou falta delas, que mostram que a obra foi terminada às pressas, sem passar por uma fiscalização de qualidade. Infelizmente, para a maioria das pessoas que frequentam o local, inclusive lojistas, a opinião é quase unânime: a avenida está linda! Como se o fato de a obra ter ficado "bonita" a tornasse acessível. De fato, o material empregado e o projeto paisagístico são bonitos, apesar da aplicação e do acabamento deixarem muito a desejar. Outra coisa, sem a conscientização dos comerciantes sobre como tratar/separar/destinar o lixo, de nada vai adiantar o projeto paisagístico para embelezar a via, que permanece com pilhas de lixo em quase toda a extensão. Enfim! Tenho certeza que a visita de especialistas no assunto ao local flagrará erros que não poderiam jamais ter sido aceitos à entrega da obra. Pior, é deixar que a maquiagem feita nessa avenida seja dita estar dentro dos padrões internacionais de acessibilidade. Perdoe-me o trocadilho, mas o trecho reformado dessa avenida está fazendo jus ao nome do blog!
    Agradeço a atenção.
    Geraldo

    ResponderExcluir